Other Face Of The World
Às vezes a gente sonha, sonha e acorda no mesmo lugar onde foi dormir. Às vezes a gente corre rápido demais e tropeça nos próprios pés. Às vezes o superficial penetra pelos poros e a chuva cai inclinada pelo vento. Às vezes abraço alguém que eu nunca mais verei. Às vezes queremos mudar o mundo mas esquecemos de mudar nós mesmos. Às vezes as palavras que colocamos em um papel podem significar, e dizer, muito mais do que as palavras que falamos. Às vezes o inesperado desiste de bater na nossa porta, mas mesmo assim a gente fica esperando. Como se algo estrondoso pudesse acontecer. E quem disse que não vai acontecer? Porque o destino, a vida, os sonhos, e todas essas outras palavras bonitas não estão apenas nos refrões das melhores músicas ou nos melhores versos de um poeta. Estão na outra face do mundo. Aquela que só quem quer consegue ver.
"Acho muito lindo protestar e ir para a rua. Porém, vá para a rua sabendo sobre o que se trata o movimento. Vá com argumentos plausíveis e tenha consciência política. Não vá só por modinha ou para fazer tumulto e baderna, pois isso suja o movimento. Não se esqueça que em 1964 a resposta popular foi o apoio e passamos a viver numa ditadura."
Cuidado com a bandeira que você defende. Fique de olho no que dizem e fazem.
  1. gilittle reblogged this from epopeiadalhama
  2. epopeiadalhama reblogged this from otherfaceoftheworld
  3. otherfaceoftheworld posted this